terça-feira, 24 de março de 2015

NOME DE GINÁSIO DE ESPORTES: QUEM FOI VICENTE LUIZ GURSKI

Vicente Gurski no dia do seu casamento com Níveia Carraro
Vicente Luiz Gurski nasceu no dia 18 de Agosto de 1954, em Matinhos-Pr. Filho de Antonio Gurski, natural de Curitiba e Clara Malinoski, natural de Pien-Pr, mas criada em Curitiba. O casal teve cinco filhos, Ícaro, Rosemari, Valeska, Regina e Vicente sendo o quinto filho. Vicente foi uma criança sempre um pouco doente, sua infância foi conturbada por uma anemia profunda que o levava a fazer transfusões de sangue, como relata a sua irmã Regina. Quando estava bem adorava estar em contato com a natureza, pescando, criando pássaros... O Curió era seu preferido.  Já adulto trabalhou em vários ramos e empresas como: a Sul Americana, Fotógrafo, SESC e Copel, tendo a profissão de Eletricista. Casou-se com Nívea Carraro em 26 de Setembro de 1991, o casal teve quatro filhos, Andrea, Rafaela, Ícaro e Erico. Vicente foi um pai e esposo sempre muito presente, exigente como educador dos filhos e muito carinhoso com todos. Adorava passar férias em um chalé na Ilha do Mel, ir ao cinema, passear no Parati, pescar na Baia de Guaratuba. Seus passeios eram sempre junto à família. Chegou a comprar uma “Van” para não abrir mão de estar junto dela, marcando muito a infância dos filhos. Muito participante na política, embora nunca tenha sido “candidato”, trabalhou com vários deles, pois quando acreditava, tomava partido pela causa, sem interesses, relatou sua esposa. Em 1993 abriu a loja Gurski Materiais Elétricos. Durante a sua vida profissional sempre foi uma pessoa bondosa e correta, sempre preocupado com o bem estar do próximo, colaborando desde uma simples carona a compra de remédios. Com brilho nos olhos e com grande orgulho, Dona Nívea Carraro Gusrki relatou que ele era especial, tinha muitos amigos, gostava de ajudar as pessoas e se preocupava muito com aquelas de baixo poder aquisitivo, tanto que quando trabalhava na Copel além de fazer a parte de eletricista procurava de todas a formas viabilizar materiais para quem não tinha condições, sempre insistindo e negociando com seus superiores. Foi muito religioso e participativo junto à comunidade, sendo até presidente da Comissão da Igreja Matriz São Pedro Apóstolo. Ajudou na reforma do telhado da igreja indo buscar, pessoalmente, no Mato Grosso, toda a madeira de lei e de boa qualidade. Por gostar da natureza, em 1994 comprou um terreno no bairro do Tabuleiro e construiu uma casa com madeira de lei vinda de Quedas do Iguaçu, hoje conhecido como Recanto das Bromélias. Neste local ele e esposa efetuaram o plantio de 3000 pés de palmito. Tanto o sobrado onde está localizada a Loja de Materiais Gurski quanto esta casa, fez questão de ele próprio construir, contratando apenas ajudante. Em 1996 começou sua luta contra o “câncer”. Foram muitas idas à Curitiba para quimioterapias e radioterapias. Para amenizar o tratamento e facilitar, dona Nívea aprendeu a dar injeções a fazer curativos, dedicando-se inteiramente ao seu Vicente, como relata a irmã dele, dona Regina Gurski. D.Nívea, neste tempo foi uma mulher de extremo valor, batalhadora, dedicada, largando tudo pela saúde e bem estar do esposo. Vicente Gurski veio a falecer em 30 de Março de 1999, logo após sua morte foi homenageado dando seu nome ao “Ginásio de Esportes Vicente Luiz Gurski”, situado a Avenida Juscelino Kubitscheck de Oliveira e que atualmente está sendo reformado.


Um comentário:

  1. Sem dúvida alguma, uma justa homenagem. Acompanhei, mesmo de certa forma de longe, parte da presente história. Sua esposa Nívea também merece todo o nosso respeito.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...